Escola precisa se conectar com demandas dos jovens

Pesquisa Projeto de Vida mostra que modelo de educação atual deve ser alterado para preparar estudantes para vida adulta.

Uma nova pesquisa realizada com estudantes, professores universitários, empregadores e líderes da sociedade civil revela a necessidade de aprofundar o debate em torno de um novo modelo educacional. O estudo chamado Projeto de Vida, realizado pela Fundação Lemann, com apoio técnico do Movimento Todos pela Educação, mostra que existe uma desconexão preocupante entre o que é ensinado na escola atualmente e o que os jovens precisam saber para concretizar os seus diferentes projetos de vida. Continue lendo AQUI.

Projeto do professor Reginaldo é destaque em Concurso Olho na Escola

O Canal Futura promoveu no mês de março de 2016 o concurso cultural Olho na Escola, buscou reconhecer e divulgar algumas das iniciativas de professores em todo o Brasil. Dar cara e voz a educadores anônimos que lutam diariamente para tornar a escola um espaço melhor de conviver e aprender é o principal objetivo do concurso.

O terceiro lugar ficou com o professor Francisco Reginaldo de Souza, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel de Barros, em Baraúna, Rio Grande do Norte, que usa métodos da Khan Academy para ensinar matemática aos seus alunos. A reportagem conseguiu perceber como o trabalho do professor está mudando para melhor a rotina de estudos e a vida dos alunos. Imperdível!

Assita a participação do professor Reginaldo no concurso.


Projeto do professor Reginaldo será apresentado em rede nacional

Hoje a equipe da UERNTV esteve na Escola Manoel de Barros para realizar uma reportagem sobre o Projeto Khan Academy, coordenado pelo professor Reginaldo que venceu o Concurrso Cultural Olhar na Escola, e que será apresentado no Canal Futura no dia 08 de abril do corrente ano. Quando souber os horários aviso aqui.

Na próxima segunda-feira (04/04/2016), a partir das 15 horas daremos uma entrevista ao vivopara o Canal Futura.

Projeto do professor Reginaldo é vencedor de concurso realizado pela Fundação Roberto Marinho

O projeto Khan Academy desenvolvido pelo professor Reginaldo na Escola Municipal de 1º Grau Manoel de Barros ficou entre os três pimeiros no Cocurso Cultural Olho na Escola (#OlhoNaEscola) promovido pela Fundação Roberto Marinho.

Seu objetivo é reconhecer e espalhar metodologias de ensino inovadoras ou projetos implementados por professores e diretores nas escolas onde trabalham que estejam transformando o dia a dia dos alunos.

Veja AQUI os vencedores e vídeo do projeto divulgado no site do Canal Futura.

Consulta aos alunos matriculados no ano de 2016

Estamos disponibilizando a lista dos alunos matriculados em 2016 no link da coluna esquerda deste blog para consulta. Pedimos que sempre que um novo aluno for matriculado preencha primeiro o formulário online, pois só assim poderemos manter a lista de alunos atualizada.

Orientação para realizar a consulta mais rápida.

1º) Dê um clique no link ao lado (Consulta dos alunos: 2016)
2º) Vai abrir uma planilha com informações dos alunos
3º) Aperte ao mesmo tempo as teclas Ctrl +  F e digite o nome completo ou parte do nome do aluno desejado na caixa de texto que aparecerá e será mostrada as informações desejadas.

Relatório Resumo da matriculados em 2016

Os dados abaixo foi resultado de um formulário respondido pelos responsáveis dos alunos no ato da matrícula do ano de 2016. Algumas informações refere-se ao ano letivo de 2015 (especificado). Os dados foram coletados até 09 de março de 2016 pela secretaria da escola através de um formulário elaborado pelo professor Reginaldo e informações sistematizadas também pelo mesmo professor.

Matrícula (1.535 alunos)
Renovação:  1.196 (77,9%)
Novatos: 339 (22,1 %)

Modalidade de Ensino
Regular: 1.221 (79,5 %)
EJA: 314 (20,5 %)

Nível de Ensino
2º Ano: 11 (0,7%)
3º Ano: 20 (1,3%)
4º Ano: 55 (3,6%)
5º Ano: 41 (2,7%)
6º Ano: 535 (34,9%)
7º Ano: 399 (26%)
8º Ano: 291 (19%)
9º Ano: 182 (11,9%)

Turno pretendido pelos alunos
Matutino: 658 (42,9%)
Vespertino: 676 (44%)
Noturno: 201 (13,1%)

Endereço
Zona Urbana:1.006 (65,5%)
Zona Rural: 529 (34,5%)

Situação em 2015
Aprovados: 954 (62,1%)
Aprovados com dependência: 21 (1,4%)
Reprovados: 263 (17,1%)
Evadidos: 230 (15%)
Transferidos: 0
Não frequentou a escola em 2015: 64 (4,2%)

Reprovação por disciplina em 2015
Língua Portuguesa: 213 (13,9%)
Matemática: 230 (15%)
História 188 (12,2%)
Geografia: 136 (8,9%)
Ciências: 121 (7,9%)
Língua Inglesa: 127 (8,3%)
Ensino da Arte: 51 (3,3%)
Cultura do RN: 25 (1,6%)
Educação Física: 53 (3,5%)
Ensino Religioso: 43 (2,8%)

Beneficiário da Bolsa Família
Sim: 1.060 (69,1%)
Não: 475 (30,9%)


Khan Academy: relatório de desempenho dos alunos em matemática em 2015

Como o objetivo é avaliar o impacto da utilização da Khan Academy como plataforma adaptativa no ensino-aprendizagem da matemática nos anos Finais do Ensino Fundamental elaboramos um relatório e estamos compartilhadno como forma de colaborar com aqueles professores que desejam inovar no ensino de matemática em sala de aula.


Acesse AQUI o relatório.

Relatório de matrículas - até 10/02/2016

Número de matrículas
Total: 1.236
Matutino: 567
Vespertino: 552
Noturno: 117

Nodalidade de ensino
Regular: 1.023
EJA: 213

Tipo de matrículas
Renovação: 984
Novatos: 252

Série
2º Ano: 5
3º Ano: 13
4º Ano: 27
5º Ano: 32
6º Ano: 405
7º Ano: 340
8º Ano: 250
9º Ano: 163

Situação do aluno em 2015
Aprovado: 849
Reprovado: 204
Evadido: 144
Não frequetou a escola: 37

Endereço
Zona Urbna: 796
Zona Rural: 440

Ficaremos informando a vocês sobre o andamento diário das matrículas. Dúvida? Telefone ou deixe comentário.

Relatório parcial da matrículas 2016

Aviamos que até ontem (27/01/2016) já foram realizadas 397 matrículas, sendo que destas 85% no ensino regular e 15% no EJA. Temos observado que a procura no turno da noite para realização das matrículas tem sido muito baixa. Quarta-feira apenas 07 matrículas foram realizadas e das 397 matrículas realizadas até hoje só 8% dos alunos estão optando a estudar no turno noturno.

Ficaremos informando a vocês sobre o andamento das matrícuas. Dúvida? Telefone ou deixe comentário.

Brasil: 50% dos professores não têm didática para tudo que ensinam

Cerca de metade dos professores brasileiros não têm formação didática para todas as matérias que ensinam. Por exemplo, o professor de história não aprendeu como ensinar esse conteúdo aos alunos do ensino fundamental 2, que vai do 6º ao 9º anos (chamado anteriormente de 5ª a 8ª série) ou o responsável por matemática não aprendeu métodos e técnicas para passar o conteúdo da sua disciplina.

A informação é da edição 2013 da Talis (Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem) coordenada mundialmente pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O levantamento foi divulgado na manhã desta quarta (25).

Entre os 33 países ou territórios que participaram dessa parte da pesquisa, a média é de 30%.

No Brasil, o índice pode representar um quadro mais problemático, uma vez que o currículo é fragmentado e temos professores especialistas -- ou seja, um mesmo professor pode estar responsável por diversas matérias. Em muitos países, como o Canadá, os professores são generalistas e dão mais de uma disciplina.

Fonte: uol.


Professor brasileiro gasta 20% do tempo de aula com indisciplina

Os professores brasileiros gastam, em média, 20% do tempo de aula mantendo a disciplina na classe, segundo levantamento internacional. Ou seja, o docente gasta um em cada cinco minutos pedindo silêncio ou chamando a atenção por bagunça.

O desempenho brasileiro é o pior entre os 32 países que responderam à essa parte da pesquisa. A média entre os países é de 13%. Na Finlândia, país tido como exemplar no quesito educação, o percentual de tempo dedicado a essa atividade chega a 13%.

As informações são da edição 2013 da Talis, Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem coordenada mundialmente pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O levantamento foi divulgado na manhã desta quarta (25).

De aula mesmo, ensinando os alunos, o percentual de tempo gasto em aula é 67% enquanto a média internacional é de 79% e a da Finlândia é 81%.

Em 12% do período de cada aula, o professor lida com questões administrativas, como o controle de presença (chamada) -- contra a média de 8% dos países que participaram da pesquisa e 6% da Finlândia.

Fonte: uol.


Início das aulas está comprometido

Em função dos últimos acontecimentos na política de Baraúna, atraso e cancelamentos de algumas ações previstas no calendário da Secretaria Municipal da Educação e do Desporto e da Escola Manoel de Barros, acreditamos que as aulas não terão início na próxima segunda-feira (03/02/2014). Sendo assim, só nos resta aguardar os últimos acontecimentos.

A escola implantará o diário de classe online

O Diário de Classe Eletrônico, criado em 2007 pelo professor Reginaldo, é um sistema de gerenciamento desenvolvido especificamente para ajudar o professor a controlar as notas e freqüência de seus alunos.

A ideia é minimizar a tarefa extremamente desgastante de lançar notas manualmente, as vezes em até três fichas diferentes, o que leva horas de trabalho, sem contar as rasura e o visual degradante dessas fichas.

Com o sistema atual (Planilha Excel) o professor poupa tempo lançando a nota apenas uma vez, a planilha se encarrega de fazer as somas e médias, calcular as faltas, fornecer a nota final e imprimir os resultados bimestralmente

Apesar de satisfazer as necessidades dos professores, o sistema apresenta as desvantagens de ser atacado por vírus, incompatibilidade com o Office anterior ao 2010 e as informações dos alunos ficarem só no poder dos professores que informam o rendimento de seus alunos só no final de cada bimestre.

Diário de Classe Online
O diário que a escola implantará este ano terá as mesmas funções do que a escola já usa, mas será online, ou seja, o professor com internet poderá trabalhar em qualquer lugar sem precisar de ficar preso a um computador ou pen drive. A direção e a coordenação pedagógica também terá acesso ao diário de cada professor podendo fazer consultas e imprimir os resultados sem a necessidade de ter que solicitar ao professor, mas não poderá alterar resultados dos alunos.

Nova Estrutura Curricular do Ensino Fundamental para 2014

Acesse no link abaixo a tabela que alterou a distribuição da carga horária semanal por disciplina publicada pela Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte. Base legal: Portaria nº 1105/SEEC-GS-RN, de 29 de novembro de 2013.

Como a Escola Manoel de Barros faz parte da rede do Estado, devemos seguir as orientações da Portaria.

Acesse AQUI a tabela.

Início do ano letivo 2014

Formação dos professores e coordenação pedagógica
Nos dias 27 e 28 de janeiro de 2014 a escola estará oferecendo aos seus professores e coordenação pedagógica uma formação em Metodologia para o ensino Inovador. Os dois dias serão cumpridos na própria escola. Esta capacitação será ministrada por uma empresa especializada na temática. No dia 27 a capacitação começará às 7:30 h.

Jornada Pedagógica
No dia 29 de janeiro de 2014, a partir das 7:00 h, no auditório da Escola Amauri Ribeiro, a Secretaria da Educação e do Desporto estará realizando uma palestra com a temática Aprender - Direito de todos, Ensinar - Um Compromisso da Escola.

Planejamento Pedagógico
Estará sendo realizada no dia 30 de janeiro de 2014, às 7:30 h na escola Manoel de Barros.

Além dos professores, a partir do dia 27 de janeiro de 2014 estará havendo o retorno da equipe pedagógica e os profissionais de apoio.

Início das atividades do ano de 2014

Matículas
Veteranos: 06 a 10 de janeiro de 2014
Novatos:   13 a 17 de janeiro de 2014

Semana Pedagógica: 27 a 31 de janeiro de 2014
Início das aulas:         03 de fevereiro de 2014

Caminhada Contra as Drogas

Encerramento das atividades do Mais Educação 2013

Vídeo resumo do Mais Educação da Escola Manoel de Barros

Manoel de Barros contra as drogas

Em nosso município é comum ouvirmos notícias sobre assassinatos de jovens. Esses crimes são motivados, na maioria das vezes pelo uso de drogas. Essa é uma realidade que os preocupa e assusta, pois somos uma escola que possui sua clientela composta especificamente por jovens com idade vulnerável ao envolvimento com drogas.

Ante essa realidade a Escola Manoel de Barros está desenvolvendo o Projeto Manoel de Barros contra as drogas como forma de interferir positivamente e buscar soluções que venham a modificar esse quadro.

O projeto terá sua abertura na próxima segunda-feira (11/11/2013), às 7:30 h na quadra de esporte da escola. Estão convidados alunos, pais de alunos, professores, funcionários e toda comunidade baraunense. Na oportunidade teremos uma palestra sobre o tema droga com o Psicólogo Leonardo e o testemunho de um jovem ex-drogado além da apresentação de uma peça teatral.

 

©2009 Escola Mun. de 1º Grau Manoel de Barros | Template Blue by TNB